Nagios Core: Instalando nas Versões 7 e 8 do Red Hat, CentOS, Rocky Linux e Oracle Linux – Parte 02.b

Por mais que o título fale sobre versões sabemos que o Rocky Linux é uma distro nascida recentemente com início já na versão 8.

As etapas na instalação aqui são praticamente iguais aos outros artigos anteriores onde instalamos o Nagios no Debian e Ubuntu. A diferença aqui é apenas a instalação dos pacotes que o Nagios necessita para ser compilado.

  • De antemão, se tiver firewall ativado libere a porta 80 no protocolo tcp. Se usar versão mais nova das distros citadas no título possivelmente executar os dois comandos abaixo bastará
    firewall-cmd --add-service=http 
    firewall-cmd --add-service=http --permanent
  • Esse tutorial considera que o SELinux esteja desabilitado ou em modo permissive. Para desabilitar basta executar os comandos abaixo:
sed -i 's/SELINUX=.*/SELINUX=disabled/g' /etc/selinux/config
setenforce 0

Considere usar o SELinux e antivírus ativados em ambiente de produção, ou seja, se não estiver realizando testes somente. 

Instalando os Pré-requisitos nas Distros Rocky Linux, Red Hat, CentOS e Oracle  Linux

 

Se sua versão for 5, 6 ou 7 execute:

yum install -y gcc glibc glibc-common wget unzip httpd php gd gd-devel perl postfix

 

Se sua versão for 8 execute:

dnf install -y gcc glibc glibc-common perl httpd php wget gd gd-devel
dnf update -y

 

Veja que acima estamos instalado o apache(httpd) como servidor web. Se já tiver instalado apague ele na linha acima. Isso também se aplica aos outros programas.

 

Baixando e Compilando o Nagios

 

Obs.:  Verifique a versão mais recente nesse link: github.com/NagiosEnterprises/nagioscore

Execute as etapas a seguir:

cd /tmp
wget -O nagioscore.tar.gz https://github.com/NagiosEnterprises/nagioscore/archive/nagios-4.4.5.tar.gz
tar xzf nagioscore.tar.gz

Após baixado e extraído agora vamos compilar.

cd /tmp/nagioscore-nagios-4.4.5/
./configure
make all

 

Rode os comandos abaixo para continuarmos os ajustes

Criando usuário e grupo chamado nagios 

make install-groups-users

Adicione o usuário criado acima ao grupo apache

usermod -a -G nagios apache

 

Instalando binários

make install

 

Instale os serviços(daemon)

Os comados abaixo instalam os serviços ou daemons. Esses são realmente os programas/processos do Nagios que ficarão sendo executados. O serviço apache(httpd) também é configurado nesse momento.

Se sua versão for 5, 6 ou 7 execute:

make install-daemoninit
chkconfig --level 2345 httpd on

 

Se sua versão for 8 execute:

make install-daemoninit
systemctl enable httpd.service

 

Instale o Modo Comando(Command Mode)

make install-commandmode

Instale os arquivos de configuração

Instalaremos os arquivos de exemplos(SAMPLES). Para que o Nagios inicie ele precisa de arquivos desses arquivos. E também serão úteis para nós, visto que são modelos.

make install-config

 

Instale arquivos de configuração do apache

make install-webconf

Se ocorrer erro ao executar o comando acima veja esse artigo: Erro Encontrado ao Instalar Nagios no Rocky Linux ao Executar “make install-webconf”

Criei um usuário no apache para acessarmos o Nagios

htpasswd -c /usr/local/nagios/etc/htpasswd.users nagiosadmin

Se for usar o mesmo comando para adicionar usuários no futuro retire o “-c” do comando acima e, logicamente, mude nagiosadmin para o nome do usuário novo que deseja criar.

 

Iniciando o apache e o  Nagios

Nas versões 7 e 8 execute

systemctl start httpd.service
systemctl start nagios.service

 

Nas versões mais antigas

service httpd start
service nagios start

 

Tentando o Nagios

 

Abra um navegador e acesse o endereço IP do servidor onde instalamos o nagios. No meu caso acesso assim:

http://192.168.0.2/nagios

Será solicitado usuário e senha que criamos acima.

 

Se acessar os serviços na página aberta verá erros. Isso acontece por que ainda não instalamos os plugins para detecção dos serviços.

 

Instalando Plugins

Vamos instalar os plugins.

Se estiver usando  Rocky Linux 8 execute

yum install -y yum-utils
yum-config-manager --enable ol8_optional_latest
cd /tmp
wget https://dl.fedoraproject.org/pub/epel/epel-release-latest-8.noarch.rpm
rpm -ihv epel-release-latest-8.noarch.rpm
yum install -y gcc glibc glibc-common make gettext automake autoconf wget openssl-devel net-snmp net-snmp-utils
yum install -y --skp-broken perl-Net-SNMP

Alaranjei –skip-broken acima pois ocorreu erro durantes os testes e essa foi a solução encontrada.

 

Se estiver usando Centos 6 ou 7 execute

yum install -y gcc glibc glibc-common make gettext automake autoconf wget openssl-devel net-snmp net-snmp-utils epel-release
yum install -y perl-Net-SNMP

 

Se estiver usando Centos 8 execute

yum install -y gcc glibc glibc-common make gettext automake autoconf wget openssl-devel net-snmp net-snmp-utils epel-release
yum --enablerepo=PowerTools,epel install perl-Net-SNMP

Se estiver usando Red Hat 7 execute

cd /tmp
wget https://dl.fedoraproject.org/pub/epel/epel-release-latest-7.noarch.rpm
rpm -ihv epel-release-latest-7.noarch.rpm
subscription-manager repos --enable=rhel-7-server-optional-rpms
yum install -y gcc glibc glibc-common make gettext automake autoconf wget openssl-devel net-snmp net-snmp-utils
yum install -y perl-Net-SNMP

Se estiver usando Red Hat 8 execute

cd /tmp
wget https://dl.fedoraproject.org/pub/epel/epel-release-latest-8.noarch.rpm
rpm -ihv epel-release-latest-8.noarch.rpm
subscription-manager repos --enable=rhel-8-server-optional-rpms
yum install -y gcc glibc glibc-common make gettext automake autoconf wget openssl-devel net-snmp net-snmp-utils
yum install -y perl-Net-SNMP

 

Se estiver usando Oracle Linux 7  execute

yum install -y yum-utils
yum-config-manager --enable ol7_optional_latest
cd /tmp
wget https://dl.fedoraproject.org/pub/epel/epel-release-latest-7.noarch.rpm
rpm -ihv epel-release-latest-7.noarch.rpm
yum install -y gcc glibc glibc-common make gettext automake autoconf wget openssl-devel net-snmp net-snmp-utils
yum install -y perl-Net-SNMP

Se estiver usando Oracle Linux 8  execute

yum install -y yum-utils
yum-config-manager --enable ol8_optional_latest
cd /tmp
wget https://dl.fedoraproject.org/pub/epel/epel-release-latest-8.noarch.rpm
rpm -ihv epel-release-latest-8.noarch.rpm
yum install -y gcc glibc glibc-common make gettext automake autoconf wget openssl-devel net-snmp net-snmp-utils
yum install -y perl-Net-SNMP

 

 

Baixe os Plugins e Compile

 

Baixando. Execute cada um dos comandos abaixo:

cd /tmp
wget --no-check-certificate -O nagios-plugins.tar.gz https://github.com/nagios-plugins/nagios-plugins/archive/release-2.2.1.tar.gz
tar zxf nagios-plugins.tar.gz

 

Compilando. Execute cada um dos comandos abaixo:

cd /tmp/nagios-plugins-release-2.2.1/
./tools/setup
./configure
make
make install

 

Conclusão

Como dito em posts anteriores, o CentOS não possuirá mais versão estável, mas decidi ainda incluir ele aqui nesse artigo, visto ele ser útil para compararmos com seus “pretendentes” a substitutos, nesse caso o Rocky Linux e o Oracle Linux.  Porém, particularmente escolhi o Debian para me dedicar. A Oracle pode proceder como a IBM procedeu? retirando a versão estável da distro Oracle Linux ou futuramente vier a cobrar por suporte? Não sabemos. Mas uma quase certeza que temos é que  ocorrer com o Debian essas “fatalidades” é muiiiiiito mais difícil. Sem falar no foco em estabilidade e em programas totalmente open sources que os colaboradores do Debian  possuem como lema.

Sim, particularmente, considero algo ruim o que a IBM(Red Hat) fez ao afirmar o fim da versão estável do CentOS em favorecimento á sua distro com suporte pago: Red Hat. E ainda antecedeu para 2021 o fim do suporte do CentOS 8 que era até 2029.

 

 

 

 

Fonte: nagios.com

 

Leitor voraz e um dos administradores do GNU/Linux Brasil no Whatsapp, facebook, youtube e nesse dito site: www.gnulinuxbrasil.com.br

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *