smem: Como Ver Os Programass/Processos Que Estão Usando Swap no Linux

No post anterior vimos como verificando Tamanho e Espaço Usado de Swap no Linux.  Hoje iremos ver quais processo estão usando swap e quanto usam. Para isso iremos usar o programa smem.

smem exibe a utilização de memória.

O texto resultado na tela possui colunas:

  • Swap: Essa é a coluna que nos interessa. Mostra quanto cada programa/processo consome de swap
  • USS: significa Unique Set Size ou Tamanho de Conjunto único. Essa coluna não interessa para nós nesse artigo.
  • PSS: Proportional set size ou Tamanho de Conjunto Proporcional. Essa coluna não interessa para nós nesse artigo.
  • RSS: no manual de smem não explica, mas deve ser Resident Set Size e também não é importante nesse momento.

 

 

Instalando smem

Se não tiver instalado basta executar “apt install smem”

elder@server01:~$ sudo apt install smem  -y

Opções de smem que Usaremos

 

Como vamos focar mais na coluna swap então iremos usar smem com as opções:

  • -s swap: a opção -s server para ordenar o resultado, nesse caso ordenamos a coluna swap(-s swap), mas poderíamos escolher “-s pss”..
  • -r:  usamos -r para fazer com que a coluna swap mostra os valores maiores na parte de cima, ou seja -r inverte os valores na coluna e mostra do maior para o menor.
  • -k: usamos -k para fazer a leitura mais ‘entendível’. -k irá colocar sufixos de medidas como -k para kilobyte, m para megabyte e g para gigabyte.

 

Usando smem

Vamos antes ver quanto meu sistema tem de swap com “free -h”

elder@ti:~$ free  -h
              total       usada       livre    compart.  buff/cache  disponível
Mem.:          7,8G        5,6G        1,4G        220M        831M        1,7G
Swap:          2,0G        1,9G         53M

Podemos ver que temos 2 Giga bytes e  está sendo usado praticamente tudo(1,9G).

Vamos ver quais processos estão usando swap. Execute o comando “smem -s swap -r -k

 

elder@ti:~$ sudo smem  -s swap  -r -k
  PID User     Command                         Swap      USS      PSS      RSS 
 2302 elder    /usr/local/bin/Nextcloud-3.   475.2M   146.0M   146.1M   150.1M 
27380 elder    java -Dappdir=/usr/share/sp   265.2M   101.7M   101.9M   106.7M 
16739 elder    /usr/lib/virtualbox/Virtual   257.6M     1.4G     1.4G     1.4G 
31004 elder    qbittorrent                   181.2M    26.5M    27.3M    35.4M 
 2334 elder    baloo_file                    176.3M     4.0K   309.0K     4.0M 
 2267 elder    compiz --sm-client-id 23d6e    81.5M    12.5M    12.8M    17.1M 
 1310 root     /usr/lib/xorg/Xorg -core :0    74.2M    37.5M    69.3M   104.3M 
30833 elder    evince                         69.6M    26.3M    29.5M    38.6M 
 7066 elder    /usr/bin/perl /usr/bin/shut    57.9M   102.6M   104.5M   112.7M 
22585 elder    /usr/lib/virtualbox/Virtual    52.1M     1.0G     1.0G     1.1G 
 2299 elder    /opt/xdman/jre/bin/java -Xm    46.4M     4.8M     4.8M     7.3M 
23050 elder    evince /home/elder/work/com    41.8M    77.8M    89.1M   106.9M 
 2212 elder    xfdesktop --display :0.0 --    36.1M     6.3M     6.6M    13.0M 
29914 elder    /usr/lib/x86_64-linux-gnu/o    25.2M   285.0M   294.3M   335.9M 
 2356 elder    /usr/bin/pulseaudio --start    21.1M     4.5M     4.9M     8.2M 
 2374 elder    /usr/bin/gtk-window-decorat    20.9M    10.3M    10.7M    17.8M 
 2401 elder    /usr/lib/virtualbox/VBoxSVC    17.0M    11.3M    11.5M    14.3M 

 

Observe a coluna swap acima. Temos:

  • /usr/local/bin/Nextcloud-3:  consumindo 475.2 Mega Bytes
  • java -Dappdir=/usr/share/sp: java consumindo  265.2 Mega Bytes de swap. Aqui é algum programa feito em java.

Bom, o restante nem preciso continuar  a listar.

 

Conclusão

Aqui vimos como saber quais processos estão usando swap e quanto usam. Muito útil esse comando  para analisarmos nosso sistema e se há algum programa ‘ladrão’ de memória swap.

Leitor voraz e um dos administradores do GNU/Linux Brasil no Whatsapp, facebook, youtube e nesse dito site: www.gnulinuxbrasil.com.br

One Comment to “smem: Como Ver Os Programass/Processos Que Estão Usando Swap no Linux”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *