Linha de Comando em Linux: Find – Parte 06, Operadores

Veja as outras partes desse Post:

  1. Linha de Comando em Linux: Find – Parte 01
  2. Linha de Comando em Linux: Find – Parte 02, Opções Verdadeiras -H -L -P
  3. Linha de Comando em Linux: Find – Parte 03, Depuração(Debug) de Erros
  4. Linha de Comando em Linux: Find – Parte 04, Otimizando as Buscas com a Opção -O
  5. Linha de Comando em Linux: Find – Parte 05, Expressões
  6. Linha de Comando em Linux: Find – Parte 06, Operadores
  7. Linha de Comando em Linux: Find – Parte 07, Exemplos de Uso

Operadores do Comando Find

Os operadores mudam o sentido das expressões, concedem prioridade e flexibilizam os testes.

Segue abaixo lista em ordem de precedência do mais prioritário para o menor. Ou seja, o primeiro dessa lista tem mais importância(concede mais prioridade).

  • () = O parênteses dá prioridade máxima para uma expressão. A expressão vem dentro do parênteses. Lembrando que como o parênteses já tem significado para o shell(interpretador de comandos do linux) devemos anteceder eles com uma barra invertida “\”. Exemplo
    find /home/elder \( -mtime -1 -o -atime -1 \)
    para encontrar dentro da pasta /home/elder todos os arquivos modificados ou acessados em menos de 24 horas
  • ! = A exclamação retorna verdadeiro se uma expressão for falsa. Exemplo,
    find /home/elder     !   -user elder
    Dentro da pasta /home/elder encontre todos os arquivos que não pertençam ao usuário elder.
  • -not = Tem o mesmo significado da exclamação “!”. Mas -not não se enquadra dentro dos padrões POSIX.
  • -a = Significa “e”. Duas expressões têm que ser verdadeiras para que find retorne um resultado. Exemplo,
    find /home/elder -user maria   -a   -group marcos
    Encontre dentro da pasta /home/elder os arquivos com usuário proprietário maria e com grupo como proprietário marcos.
  • -and = A mesma coisa que -a. -and não se encaixa nos padrões POSIX.
  • Omitir o -a ou -and: É possível omitir o -a. Por exemplo,
    find /home/elder -user maria   -a   -group marcos  
    pode ser
    find /home/elder -user maria    -group marcos
    o operador -a está aí, mas oculto.
  • -o = Siginifica “ou”. uma expressão ou outra precisa ser verdadeira para termos um retorno. Exemplo,
    find /home/elder -user maria -o -user marcos
    Traz os arquivos pertencentes tanto a maria quanto a marcos.
  • -or = A mesma coisa que -o. Mas -or não se enquadra nos padrões POSIX
  • A vírgula(,) =  a vírgula pode ser usada para separar as expressões.
    find -size -1M , -name “arquivo.txt” , -type f
    Buscam  itens que são menores que 1 Mega Byte, tenham o nome arquivo.txt, e sejam  to tipo arquivo.

 

Conclusão

No próximo artigo iremos finalizar praticando tudo o que vimos nesses 6 artigos sobre o comando find.

 

Até a próxima parte.

Link Facebook: https://www.facebook.com/gnulinuxbr

Link WhatsApp: https://chat.whatsapp.com/LYHbESy75Q0GiORiexXKF4

Link Telegram: https://t.me/gnulinux_brasil

YouTube: https://www.youtube.com/channel/UCwyFWDqE0v7SwpZenjmzxYQ

 

 

Leitor voraz e um dos administradores do GNU/Linux Brasil no Whatsapp, facebook, youtube e nesse dito site: www.gnulinuxbrasil.com.br

3 thoughts on “Linha de Comando em Linux: Find – Parte 06, Operadores

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *