Como Liberar Espaço em Disco Sem Excluir Arquivos?

Essa é uma dica muito interessante.

Em sistemas de arquivos ext2, ext3 e ext4, geralmente é reservado 5% para casos críticos, como por exemplo, se a partição root encher você poderá liberar essa reserva até  encontrar uma outra solução permanente, como a compra de um disco com maior capacidade.

Logicamente que se a partição raiz( / ) ou root ficar cheia fará com que o sistema pare de funcionar adequadamente. Acontece que esse 5% só faz sentido para discos onde há o linux instalado. Para partições que, se esgotado o espaço, você não corre o risco de ter o sistema parado podemos usar a ferramente tune2fs para liberar todo espaço reserva.

Primeiro list os discos e suas partições com o comando lsblk

[elder@centos ~]$ lsblk
NAME            MAJ:MIN RM  SIZE RO TYPE MOUNTPOINT
sda               8:0    0   48G  0 disk
├─sda1            8:1    0  500M  0 part /boot
└─sda2            8:2    0 47.5G  0 part
  ├─centos-root 253:0    0   46G  0 lvm  /
  └─centos-swap 253:1    0  1.5G  0 lvm  [SWAP]
sdb               8:16   0  200M  0 disk
└─sdb1            8:17   0  4,0T  0 part

Acima escolhi o sdb1 que contém 4 Terabytes.  Em seguida executamos o tune2fs -m 0.

[elder@centos ~]$ sudo tune2fs -m 0 /dev/sdb1
tune2fs 1.42.9 (28-Dec-2013)
Setting reserved blocks percentage to 0% (0 blocks)

Pronto, utilizamos a opção -m 0 para colocarmos a reserva como 0(zero).

Execute novamente o lsblk:

[elder@centos ~]$ lsblk
NAME            MAJ:MIN RM  SIZE RO TYPE MOUNTPOINT
sda               8:0    0   48G  0 disk
├─sda1            8:1    0  500M  0 part /boot
└─sda2            8:2    0 47.5G  0 part
  ├─centos-root 253:0    0   46G  0 lvm  /
  └─centos-swap 253:1    0  1.5G  0 lvm  [SWAP]
sdb               8:16   0  200M  0 disk
└─sdb1            8:17   0  3,8T  0 part

Podemos ver que de 4 Terabytes temos agora 3,8. Economizamos 200 Gigabytes

Muito legal!

Espero que tenham gostado, até a próxima!

Siga-nos em nossas redes:

Link Facebook: https://www.facebook.com/gnulinuxbr

Leitor voraz e um dos administradores do GNU/Linux Brasil no Whatsapp, facebook, youtube e nesse dito site: www.gnulinuxbrasil.com.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *