Troubleshooting – Como Identificar Problemas?

A primeira fonte de busca da causa do seu  problema não deve ser o site do google, e sim o seu próprio computador(sistema linux danificado). Isso mesmo, um sistema linux danificado deve ser a sua primeira busca.

O Linux mantém um mecanismo poderoso de registro de eventos: os Logs.

Basta acessar alguns arquivos dentro de /var/log, como:

  • /var/log/boot.log
  • /var/log/dmesg
  • /var/log/messages

    Dica: Se deseja saber se existe alguém tentando indevidamente acessar seu sistema, pode consultar:

  • /var/log/secure

 

Mas o linux não inicializa, como terei acesso a esses arquivos?

Basta iniciar um Sistema Operacional via pen drive, CD, ou DVD. Acabamos de postar um artigo sobre o Tyne Core, uma distro super leve e pequena que  facilita essa consulta. Segue link: http://gnulinuxbrasil.com.br/2017/08/23/tyne-core-uma-distro-com-apenas-16-mb/.

Obs.:
SO = Sistema Operacional / Operation System 🙂

Colocou o SO(vamos supor que seja o Tyne Core) no Pen Drive e iniciou o mesmo no computador onde tem o disco com o SO danificado. O próximo passo é montar o disco com do SO problemático; Vamos primeiro criar uma pasta dentro do /mnt:

[elder@centos ~]$ sudo mkdir /mnt/discoProblema

Depois de criada a pasta, vamos ver  a lista de discos e partições. Execute lsblk (list block)

[elder@centos ~]$ lsblk
NAME            MAJ:MIN RM  SIZE RO TYPE MOUNTPOINT
sda               8:0    0   48G  0 disk
├─sda1            8:1    0  500M  0 part /boot
└─sda2            8:2    0 47.5G  0 part
  ├─centos-root 253:0    0   46G  0 lvm  /
  └─centos-swap 253:1    0  1.5G  0 lvm  [SWAP]
sdb               8:16   0  200M  0 disk
└─sdb1            8:17   0  199M  0 part
sdc               8:32   0  200M  0 disk
└─sdc1            8:33   0  199M  0 part
sdd               8:48   0  200M  0 disk
└─sdd1            8:49   0  199M  0 part /media/ntfs
sde               8:64   0  200M  0 disk
└─sde1            8:65   0  199M  0 part
sr0              11:0    1 1024M  0 rom

Vamos fazer de conta 😀 que o “Linux que não inicia” esteja dentro da partição sdb1
Obs.: Todos os dispositivos de armazenamento(HD, pen drive etc) estão dentro de /dev.

[elder@centos ~]$ sudo mount /dev/sdb /mnt/discoProblema/

Execute o comando df para verificar a montagem

[elder@centos ~]$ df -h
Filesystem               Size  Used Avail Use% Mounted on
/dev/mapper/centos-root   46G  3.9G   43G   9% /
devtmpfs                 362M     0  362M   0% /dev
tmpfs                    371M     0  371M   0% /dev/shm
tmpfs                    371M  5.1M  366M   2% /run
tmpfs                    371M     0  371M   0% /sys/fs/cgroup
/dev/sdd1                199M  2.5M  197M   2% /media/ntfs
/dev/sda1                497M  122M  376M  25% /boot
tmpfs                     75M     0   75M   0% /run/user/1000
/dev/sdb1                189M  1.6M  174M   1% /mnt/discoProblema

Use o comando less para acessar os arquivos de log do Sistema Danificado.

[elder@centos ~]$ sudo less /mnt/discoProblema/var/log/dmesg
ou
[elder@centos ~]$ sudo less /mnt/discoProblema/var/log/boot.log

O texto printado na tela será nesse formato:

............
[    0.001000] pid_max: default: 32768 minimum: 301
[    0.001000] Security Framework initialized
[    0.001000] SELinux:  Initializing.
[    0.001000] SELinux:  Starting in permissive mode
[    0.001000] Dentry cache hash table entries: 131072
[    0.001636] Inode-cache hash table entries: 65536
[    0.001803] Mount-cache hash table entries: 4096
[    0.002352] Initializing cgroup subsys memory
[    0.002387] Initializing cgroup subsys devices
[    0.002399] Initializing cgroup subsys freezer
[    0.002411] Initializing cgroup subsys net_cls
[    0.002427] Initializing cgroup subsys blkio
[    0.002430] Initializing cgroup subsys perf_event
[    0.002432] Initializing cgroup subsys hugetlb
[    0.002593] mce: CPU supports 0 MCE banks
[    0.002650] Last level iTLB entries: 4KB 128, 2MB 4, 4MB 4
Last level dTLB entries: 4KB 256, 2MB 0, 4MB 32
...........

Uma boa alternatica é utilizar o comando cat para prntar o  texto dos arquivos filtrando com o grep, utilizando palavras chaves, como “error” ou “erro”

[elder@centos ~]$ sudo cat /mnt/discoProblema/var/log/dmesg | grep erro
ou
[elder@centos ~]$ sudo cat /mnt/discoProblema/var/log/boot.log | grep erro

Encontrou alguma anormalidade? então agora você pode correr para o Sábio dos Sábios(google.com)

Bom, espero que tenham gostado, até a próxima.

Siga-nos em nossas redes:

Link Facebook: https://www.facebook.com/gnulinuxbr

Leitor voraz e um dos administradores do GNU/Linux Brasil no Whatsapp, facebook, youtube e nesse dito site: www.gnulinuxbrasil.com.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *