Linha de Comando em Linux: sudo

sudo
sudo

O comando sudo nos possibilita executar comandos como root.

Iremos ver como dar permissão a usuários para que utilizem o sudo.

A primeira coisa que temos que fazer é incluir nosso usuário dentro do arquivo de configuração /etc/sudoers. Para fazer isso esteja logado ou como root ou como outro usuário que já tenha permissão dentro do arquivo /etc/sudoers.
Obs 01.: O arquivo /etc/sudoers não deve ser editado diretamente por um editor de texto como vim, vi, emacs, nano. Utilize o comando “visudo” para a edição! O comando visudo realiza checagem de sintaxe.

Irei inserir o usuário lucas dentro do arquivo sudoers

  1. Execute o visudo com o um usuário que já possua permissão.
    [elder@centos ~]$ sudo visudo
  2. Tecle seta para baixo até encontra a linha:
    root    ALL=(ALL)       ALL
  3. Abaixo digite a mesma linha acima  apenas substituindo root por lucas(simbolizando seu usuário)
    root    ALL=(ALL)       ALL
    lucas    ALL=(ALL)       ALL
  • Se na parte inferior do seu editor conter:   ^G Obter Ajuda   ^O Gravar        ^W Onde está?    ^K Recort txt….
    Então o seu editor é o nano.
    Para editar faça: insira o texto, tecle “Control + o” para salvar, “enter”, “Control + x” para sair.
  • Se for o vi ou vim, faça:
    Tecle a letra “i” para entrar em modo de inserção de texto, faça a alteração, “tecle esc”, “tecle :x!” para salvar e sair.

Após o término da edição o usuário lucas terá permissão para executar qualquer comando, desde que preceda a linha de comando com a palavra sudo

[lucas@centos ~]$ sudo systemctl status network

 

A edição do arquivo /etc/sudoers por intermédio do visudo não está limitada a apenas essa alteração que acabamos de realizar.  Poderíamos criar grupos, limitar a quantidade de comandos a serem executados por determinado usuário, eliminar a requisição de senha… etc.

 

É isso aí, espero que tenham gostado. Até  a próxima!

 

Siga-nos em nossas redes:

Link Facebook: https://www.facebook.com/gnulinuxbr

Leitor voraz e um dos administradores do GNU/Linux Brasil no Whatsapp, facebook, youtube e nesse dito site: www.gnulinuxbrasil.com.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *