Linha de Comandos em Linux: id

comando id
comando id

Qualquer Sistema Operacional quer seja ler apenas números.

Palavras são apenas uma forma amigável do sistema se relacionar com você, é apenas uma gentileza.

Cada usuário tem um número que o representa, conhecido como uid(user identification ou identificação do usuário)

Usamos o comando id para vermos o uid de cada usuário.

Para servir como referência, primeiramente, iremos listar todos os usuários do sistema digitando “getent passwd”.

[elder@centos ~]$ getent passwd
root:x:0:0:root:/root:/bin/bash
games:x:12:100:games:/usr/games:/sbin/nologin
elder:x:1000:1000::/home/elder:/bin/bash
lucas:x:111:1001::/home/lucas:/bin/bash
ntp:x:38:38::/etc/ntp:/sbin/nologin
maria:x:1004:1005::/home/maria:/bin/bash

A primeira palavra de cada linha é o nome de um usuário; temos os usuários: root, games, elder, lucas, ntp e maria.

O número depois do “x” é o uid de cada usuário, por exemplo, o uid  do usuário elder é 1000, de lucas é 111 etc.

Usando o comando id

 

Opções:
-u = exibe o uid do usuário
-g = exibe o gid(identificação do(s) grupo(s) ao(s) qual(is) o usuário pertence.
-n = ao invés de exibir o uid ou gid exibe o nome do usuário o do grupo deste

  1. Buscando o uid pelo nome do usuário
    [elder@centos ~]$ id -u lucas
    111
  2. Buscando o usuário pelo uid
    [elder@centos ~]$ id -nu 111
    lucas
  3. Se não colocarmos o nome do usuário será exibido informações do usuário logado no momento:
    [elder@centos ~]$ id -nu
    elder
    
    [elder@centos ~]$ id -u
    1000
  4. Se digitarmos apenas id e nome do usuário serão exibidas informações mais completas
    [elder@centos ~]$ id maria
    uid=1004(maria) gid=1005(maria) groups=1005(maria)

    além do uid(identificação do usuário) e do gid(identificação do grupo ao qual o usuário pertence) é exibido os demais grupos que o usuário venha a pertencer; no caso acima, maria pertence apenas ao grupo maria.

  5. Digitando apenas id serão exibidos os dados do usuário logado, conforme explicado anteriormente.
    [elder@centos ~]$ id
    uid=1000(elder) gid=1000(elder) groups=1000(elder),1002(sales)

    O usuário elder pertence aos grupos elder e sales.

 

Concluindo

 

Mas, afinal de contas, qual a importância de sabermos o  uid ou gid de um usuário? Bom, dentre tantas vantagens citarei apenas uma:

O superusuário root tem o uid 0(zero), isso significa que se dermos o uid 0(zero) para outro usuário ele se tornará superusuário, assim como o root

[elder@centos ~]$ sudo usermod -ou 0 maria

O comando acima faz com que tanto a usuária maria quanto o usuário root fiquem com o uid 0(zero). Assim como o root, maria se torna também super poderosa e pode fazer qualquer coisa que queira no sistema.

Não é aconselhável ter um uid duplicado e muito menos um outro usuário, que não seja o root, como superusuário!

É isso aí pessoal, o conteúdo de hoje foi mais simples e mais fácil. Espero que tenham gostado.

Até!

Siga-nos em nossas redes:

Link Facebook: https://www.facebook.com/gnulinuxbr

Leitor voraz e um dos administradores do GNU/Linux Brasil no Whatsapp, facebook, youtube e nesse dito site: www.gnulinuxbrasil.com.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *